123

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Senador Ivo Cassol ataca Sindicato para esconder irregularidade nas obras de suas hidrelétricas.

NOTA DO STICCERO

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil (STICCERO) vem público reafirmar tanto as declarações de que as denúncias do senador Ivo Cassol contra esta entidade são levianas, falaciosas e inverídicas, quanto desafiá-lo a apresentar provas de supostos desvios milionários e de irregularidades administrativas e financeiras, que teriam sido denunciadas, pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), à Justiça do Trabalho.

Em uma denominada “Nota do Senador Ivo Cassol contra o STICCERO”, do dia 15/06/2012, Cassol tenta utilizar o MPT e a Justiça do Trabalho para respaldar suas descabidas denúncias, misturando “alhos com bugalhos”, afirmando que a Justiça “afastou os antigos diretores e nomeou um administrador judicial até novas eleições”, como se a mencionada situação tivesse alguma coisa ver com a atual diretoria do Sindicato.

Entretanto, não se sabe se é por má-fé ou desconhecimento, o senador Cassol, que têm centenas de processos nas costas, mas agora posa de paladino da moralidade, distorce completamente os fatos. A situação em que o MPT e a Justiça do Trabalho afastaram a antiga diretoria ocorreu em 2009, no processo 0012700-57.2009.514.0008, a partir de denúncias feitas justamente pelo atual presidente do STICCERO, que só foi eleito posteriormente, em março 2010.

Diante do exposto o STICCERO volta desafiar o senador Cassol a provar suas acusações, de desvios de dinheiro e de irregularidades, apresentando números de qualquer processo judicial do MPT contra a gestão administrativa e financeira da atual diretoria do Sindicato; sob pena de ficar provado mais uma vez que o senador faltou com a verdade.

Na oportunidade o STICCERO esclarece aos filiados e à sociedade em geral que o verdadeiro motivo da ira do senador Cassol contra o Sindicato se deve às fiscalizações que os diretores da entidade estão fazendo em construções de várias PCH (Pequenas Centrais Hidrelétricas), contrariando interesses do senador.

Terça-Feira , 19 de Junho de 2012

A Diretoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário