123

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Google esconde conexões com serviços secretos dos EUA

O Tribunal de Apelações do Distrito de Colúmbia nos Estados Unidos apoiou a decisão da Agência de Segurança Nacional (NSA na sigla inglesa) de não publicar documentos que comprovem ou refutem sua conexão com a corporação Google.

O caso foi a tribunal devido à exigência do Centro de Proteção de Dados Eletrônicos Pessoais (EPIC na sigla inglesa) de divulgar informações sobre o tipo de cooperação existente entre a empresa e o serviço de inteligência. Em particular, a organização estava interessada nos detalhes da relação da NSA com a Google no caso de hackeamentos em massa de contas de ativistas civis chineses no serviço de correio eletrônico Gmail em janeiro de 2010. Na altura, Google disse que pediu ajuda às autoridades americanas, das quais a NSA, obviamente, faz parte.

Mais tarde, o ex-chefe da Agência, Mike McConnell, disse que as relações entre o serviço de inteligência e empresas privadas, como o Google, são inevitáveis. No entanto, a própria agência nem confirmou, nem negou as informações sobre a existência de tais vínculos com a corporação.

Em sua decisão, o tribunal declarou que a publicação de documentos sobre as relações entre os serviços secretos e a empresa pode prejudicar a segurança nacional dos EUA.

fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2012_05_14/google-inteligencia-eua-relacoes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário