123

sexta-feira, 2 de março de 2012

Governo Federal rifa cargos da Reforma Agrária em Rondônia.

por Jorge Werley
Cidão, dever cumprido.
É lamentável que o PT perca mais um espaço político. Dessa vez foi a chefia do escritório estadual do Programa Terra Legal do MDA que é responsável pela titulação e regularização fundiária de todos os ocupantes das áreas rurais de propriedade da União na Amazônia. Depois de todo o trabalho de cadastramento e localização dos possíveis beneficiários, cerca de 15 mil processos, só em Rondônia, sob comando muito competente e dedicado do companheiro Antonio Roberto e depois do Cidão, justo na hora que começa a ser entregues títulos aos agricultores, se passa o cetro para os interesses da família do Deputado Natan Donadon do PMDB, o qual está prestes a ser cassado e recluso à prisão para cumprir sentença penal transitada em julgado, por corrupção.
Ao companheiro Cidão queremos hipotecar nossa solidariedade, apoio e lhe transmitir a certeza do dever cumprido.
Aos demais companheiros do PT queremos testemunhar, na qualidade de servidor do quadro da reforma agrária,  que o Terra Legal em Rondônia enquanto esteve sob comando petista foi tratado dentro da maior lisura e competência técnica. De agora em diante, nas mãos dos Donadons, só Deus sabe como será.

Lamentável.

Mais uma vez o governo federal mostra o seu descompromisso com a reforma agrária. Circulam rumores que também a superintendência do INCRA e a delegacia do MDA tem seus comandos cobiçados pelo PMDB. Resta saber que importância tem esses órgãos para a presidente Dilma. Qual o lugar de prioridade tem a reforma agrária nesse governo? Ou será que em nome da tal governabilidade tudo é rifável?

Nenhum comentário:

Postar um comentário