123

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Surge mais uma pré candidata em Porto Velho.

Mirian Saldanha, mais um nome na disputa.
Depois de dois mandatos à frente da Prefeitura de Porto Velho, o Partido dos Trabalhadores está confiante que pode emplacar outro companheiro ou companheira no comando do executivo municipal. Primeiro surgiu a precandidatura da Deputada Epifânia Barbosa, seguido logo pelo lançamento do nome da ex-senadora Fátima Cleide. A polarização entre estes dois nomes se dava segundo apoio ou não do Prefeito Roberto Sobrinho. Para fugir de ter de escolher entre 6 ou meia dúzia, alguns companheiros convenceram o engenheiro agrônomo José Neumar, fundador do partido e atualmente na gerência regional do SIPAM, a também lançar seu nome na disputa. A meta de Neumar seria ancorada em três eixos: qualificar o debate, ser uma opção mais a esquerda e apaziguar e unificar o partido. 

Epifânia desiste.

Embora não fosse o foco principal da Operação Termópilas da Polícia Federal, o nome da Depurada  Epifânia foi insistente e metodicamente queimado pela imprensa, sob acusação, sem provas materiais, de que ela estaria envolvida nos esquemas de corrupção da Assembléia Legislativa enquanto participante passiva no recebimento de propina. Com a desistência da deputada, aparece então a proposição do nome do Secretário Municipal de Transporte e Trânsito, Cláudio Carvalho, que teria a unção do prefeito Roberto Sobrinho.

Nesta semana a imprensa noticia o lançamento de mais um nome: o da Chefe de Gabinete do Prefeito, companheira Mirian Saldanha. Não se sabe ainda se esta propositura é real ou apenas um balão de ensaio do grupo mais próximo ao prefeito. Isto porque Mírian esta viajando de férias e não tivemos como confirmar a veracidade da notícia.  Por seu lado, Cláudio Carvalho já foi a imprensa garatir que não retirou seu nome e que continua no páreo, a disposição do partido como um dos precandidatos. Assim temos postos quatro nomes: Fátima Cleide, José Neumar, Claudio Carvalho e Mirian Saldanha. Como ainda não se discutiu programas de governo ou visão de como deve ser a administração municipal, resta aos analistas políticos buscar o perfil de cada um segundo o dito popular que infere: dize-me com quem andas e te direi quem és?

A inscrição para quem pretende concorrer a indicação pelo PT se encerra no dia 29 de fevereiro. Até lá ainda é possível que apareçam outros nomes ou que, entre os já postos, haja união de forças para concorrer a escolha dos militantes no encontro já marcado para o dia 25 de março. 

A Articulação de Esquerda ainda está aguardando que seja convocado o debate político das proposituras para ver o que o PT local pretende, qual o projeto político. Por isso nos recusamos a discutir apenas os nomes, pura e simplesmente. Se for para discutir apenas nomes, a questão assume tom meramente eleitoral. Neste caso, o problema não é apenas mostrar força interna e ganhar as prévias dentro do partido, mas passa a ser a real possibilidade sucesso nas urnas e de aceitação ou rejeição popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário