123

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Nota do PCdoB sobre a saída do Ministro Orlando.

Como cortina de fumaça para relativisar e mesmo ocultar a discussão sobre as absurdas exigências da FIFA para que seja criado uma excepcionalidade durante a Copa do Mundo suspendendo o direito dos estudantes à meia entrada nos eventos culturais e esportivos e a proibição de venda de bebidas alcoolicas nos estádios,  e também sobre as denúncias de corrupção contra o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, a mídia golpista brasileira desencadeou uma campanha de suspeição sem provas contra o Ministro Orlando Silva. 
O Partido Comunista do Brasil, ao qual é filiado e militante o ministro demissionário, divulgou uma nota oficial da qual destacamos: 
" ...entendemos que esse ataque não é somente contra a liderança de Orlando Silva e o nosso Partido. O objetivo das forças conservadoras e da grande mídia é golpear o governo da presidente Dilma Rousseff quando ela lidera com êxito o enfrentamento dos efeitos da crise capitalista mundial sobre o Brasil.
O Partido e o companheiro Orlando Silva estão de cabeça erguida e altiva diante desta campanha infame. O tempo e as investigações irão demonstrar que tudo não passa de calúnia. A verdade – estamos convictos – vai prevalecer sobre a mentira. O PCdoB, com a unidade de seu coletivo militante e apoio do povo e dos aliados, reafirma seu compromisso com a luta pelo êxito do governo Dilma na sua missão de conduzir o Brasil à nova etapa de seu desenvolvimento com distribuição de renda e valorização do trabalho."

leia a íntegra da nota em >>   http://pagina13.org.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário