123

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Formação emancipadora.

A Articulação de Esquerda é uma tendência interna do Partido dos Trabalhadores e como tal é composta por militantes que tem como objetivo estratégico a construção diária do PT enquanto partido democrático, de massa, revolucionário e socialista. Essa construção passa pela conscientização das pessoas enquanto agentes históricos.
Segundo Paulo Freire, “o homem não pode participar ativamente na história, na sociedade, na transformação da realidade se não for ajudado a tomar consciência da realidade e da sua própria capacidade para a transformação". Isso porque, "ninguém luta contra forças que não entende, cuja importância não meça, cujas formas e contornos não perceba ". "A realidade não pode ser modificada senão quando o homem descobre que é modificável e que ele o pode fazer.“ (FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987).

Freire sistematizou uma estratégia educativa para o despertar dessa consciencia histórica nas pessoas. Essa sistematização ficou conhecida como "Método Paulo Freire". É muito importante que todos os militantes da AE conheçam um pouco desse assunto, pois nosso trabalho de pedagogia política pode incorporá-lo. Veja o esboço abaixo.

O “MÉTODO PAULO FREIRE”  EM TRÊS ETAPAS:

1) Etapa de Investigação: aluno e professor buscam, no universo vocabular do aluno e da sociedade onde ele vive, as palavras e temas centrais de sua biografia.

2) Etapa de Tematização: aqui eles codificam e decodificam esses temas, buscando o seu significado social, tomando assim consciência do mundo vivido.

3) Etapa de Problematização: aluno e professor buscam superar uma primeira visão mágica por uma visão crítica do mundo, partindo para a transformação do contexto vivido.

leia mais em>> http://www.projetomemoria.art.br/PauloFreire

Nenhum comentário:

Postar um comentário