123

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Lula visita Cuba e conversa com Fidel e Raul.


Havana –  O ex- presidente Luiz Inácio Lula da Silva terminou sua visita a Cuba depois de se reunir com os irmãos Castro e visitar um porto no qual o Brasil tem uma milionária inversão.
“Fiquei entusiasmado, creio que as coisas marcham bem”, disse nesta quinta-feira, 2, Lula a jornalistas no aeroporto da capital em sua despedida.
Lula começou sua estada em Cuba na terça-feira e na tarde desse dia se entrevistou no Palácio da Revolução com o presidente Raúl Castro que também se despediu dele no terminal aéreo.
Na quarta-feira, o ex-governante brasileiro encontrou-se com seu amigo Fidel. “Ontem visitei Fidel e ele está muito falante como sempre”, expressou.
Lula percorreu Ademias o renovado porto de Mariel, uma localidade situada a uns 45 quilômetros a oeste da capital e ali esteve acompanhado pelo presidente Raul Castro.
Brasil investiu, desde os tempos da presidência de Lula (2003-2010), uns 300 milhões de dólares nesta infra-estrutura.
Uma reportagem do periódico oficial Granma na quinta-feira mostrou uma foto de ambos os dirigentes juntos.
Espera-se que uma vez terminado o Porto de Mariel -que antes era um terminal periférico de pouca capacidade- seja o eixo de um polo industrial e até petroquímico que na prática substituirá as atividades que se realizam na própria Baía de Havana, cujo calado é escasso para as necessidades dos modernos navios.
“Estou feliz porque o trabalho que o Brasil está fazendo com Cuba está caminhando muito bem e espero que a presidenta Dilma Rousseff realize uma visita a Cuba e depois o presidente Raúl possa visitar o Brasil para que nossas relações continuem cada vez melhor”, comentou Lula antes de finalizar sua visita à Ilha.
Segundo a reportagem do Granma está em marcha a construção de um cais de 700 metros em Mariel que permitirá acesso a navios de 15 metros de calado.
Também se empreendem construções de estradas e ferrovias, assim como um terminal de contêineres.
Lula chegou procedente de Bahamas e voou para a Venezuela onde, indicou, se entrevistará com o presidente Hugo Chávez e se avistará com empresários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário