123

quinta-feira, 17 de março de 2011

Como trazer o povo de volta para o PT?

Jorge Werley
Certa vez, Lenin teve a clareza de perceber que "sem teoria revolucionária não há ação revolucionária". Podemos acrescentar que também não haverá revolução se não houver uma atitude por parte dos revolucionários. Assim, precisamos sair do mundo das idéias e intervir no mundo real. Como bem disse Lenon, "a vida é isto o que acontece enquanto a gente fica em casa planejando o futuro".

O socialismo não vai cair do céu, pronto e acabado. É preciso construí-lo a cada instante, em cada embate do dia a dia. O mundo não se organiza por sí só. Pelo contrário, a tendência é para a desagregação social e barbárie. É preciso conhecimento, habilidades e atitude. Não acreditamos no expontaneísmo. Precisamos de um partido atuante. Por outro lado, para contruir um partido realmente comprometido com o socialismo precisamos tirar o PT dos gabinetes refrigerados e levar pra rua onde a vida do povo acontece.

Menos conversa fiada e mais atitude militante.

Para aumentar a presença do PT no meio do povo brasileiro e a presença do povo brasileito dentro do PT é preciso que estejamos organizando núcleos de base. Antes de ficar discutindo teoria de agitação e propaganda, cosmovisão, capital social ou outra qualquer idéias, maluca ou não, precisamos construir foros de discussão e ação. Precisamos urgentemente reconstruir os núcleos de base.

Segundo nosso estatuto, são considerados Núcleos quaisquer agrupamentos de pelo menos 9 (nove) filiados ao Partido.

Estes Núcleos podem der ser organizados por local de moradia, trabalho, movimento social, categoria profissional, local de estudo, temas, áreas de interesse, atividades afins, tais como grupos temáticos, clubes de discussão, círculos de estudo e outros.

Os Núcleos, podem ser abertos inclusive à participação de pessoas não filiadas ao Partido, com direito a voz. São instrumentos fundamentais da organização partidária e da atuação do PT nas comunidades e nos setores, e de integração com os movimentos sociais.

As funções dos Núcleos de Base são as seguintes:

a) organizar a ação política dos filiados, segundo a orientação das instâncias de deliberação e direção partidárias, estreitando a ligação do Partido com os movimentos sociais;

b) emitir opinião sobre as questões municipais, estaduais e nacionais que sejam submetidas a seu exame pelos respectivos órgãos de direção partidária;

c) aprofundar e garantir a democracia interna do Partido dos Trabalhadores;

d) promover a formação política dos militantes e filiados;

e) sugerir aos órgãos de direção partidária consulta aos demais Núcleos de Base sobre as questões locais, estaduais ou nacionais de interesse do Partido;

f) convocar o Diretório Municipal correspondente, nos termos deste Estatuto.

O Núcleo de Base deve ter uma Coordenação, com, no mínimo, um secretário e um coordenador, podendo criar comissões para áreas específicas de atividades.

Caberá à Coordenação do Núcleo de Base:

a) informar e atualizar todos os filiados sobre políticas, propostas, publicações, materiais e demais iniciativas do Partido;
b) viabilizar periodicamente atividades abertas à população.

Um convite para atuação política.

Se você é filiado ao PT, junte-se a nós nesse esforço de reconstruir os Núcleos de Base. Vamos realizar uma articulação de esquerda.  Contate-nos: http://contato-ae-rondonia.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário