123

sábado, 5 de fevereiro de 2011

O espectro do comodismo ronda o PT

por Rodrigo César

O Governo Dilma completou seu primeiro mês de gestão. Ainda é cedo para análises definidoras. A precipitação pode atrapalhar a seriedade do debate e a precisão das avaliações. Porém, nós militantes do PT devemos nos manter sempre atentos para agir e garantir nossas bandeiras. 

Recentemente, o Ministério da Cultura (MinC) decidiu retirar de seu sítio eletrônico as licenças Creative Commons (CC), presentes desde 2004. Descendente direto do direito de copyleft, especialmente do software livre, a licença CC adaptou o modelo de software livre para a área da cultura. A decisão está relacionada com os direitos autorais, mas a Ministra Ana de Holanda afirmou em entrevista: “Em algum momento vamos discutir direitos autorais, mas não será agora.”

É curioso que no mesmo dia em que o MinC decidiu retirar de seu portal as licenças CC, o Ministério do Planejamento instituiu sua política para fortalecer o Software Público Brasileiro, promovendo software livre e licenças flexíveis.

Percebe-se, portanto, que um dos elementos que seguem presentes no interior do governo são as contradições. Fator previsível em se tratando de um governo de coalizão. 

A questão é saber como reagirão, ao longo do mandato de Dilma, as forças de esquerda que compõem o governo, em especial o PT.

Leia o restante deste artigo baixando o pdf do Jornal Página13.

Nenhum comentário:

Postar um comentário